CP: Derrota na estreia de Gaspar Silva no banco do Vilaverdense.

Publicado por em 18 Fevereiro, 2019

André Salvador, o melhor do Vilaverdense.
O Vilaverdense apresentou melhorias no seu jogo, mas não foi suficiente para levar pontos de Felgueiras.

O Vilaverdense deslocou-se ao Dr Machado de Matos, campo do F.C Felgueiras, quinto classificado da Serie A, com 38 pontos. Previa-se uma tarefa difícil para o Vila. As dificuldades confirmaram-se bem cedo, com o Felgueiras a abrir o marcador aos 2 minutos por intermédio de Digas. Uma bola perdida no meio campo do Vila e, numa excelente demarcação, aparece entre os centrais do Vila que não foram capazes de impedir que o avançado se virasse para a baliza e de frente para Palha não falhou e colocou a bola na baliza do Vilaverdense.

Estava criado o pior cenário para o Vilaverdense, numa fase de maus resultados, na semana em que Nelito abandona o comando técnico da equipa, Gaspar Silva tinha pela frente uma tarefa ainda mais complicada com este golo madrugador. O que é certo é que o Vila não se desmontou e depois dos primeiros cinco minutos mais confusos assentou o seu jogo e equilibrou o jogo. Mas o cenário ainda piorou quando Gaspar teve que fazer uma alteração forçada pela lesão do guardião Palha, aos 19 minutos não recuperou de uma lesão e no decorrer da marcação de um canto a favor do Felgueiras, Marcos salta do banco para substituir Palha e acaba por fazer uma boa exibição! Até ao intervalo, o equilíbrio manteve-se com a vantagem mínima da equipa da casa.

No regresso dos balneários, os mesmos onze de cada equipa sobem ao relvado do Machado de Matos. O árbitro L. Marques apita para o início da partida com imediato sinal mais da equipa da casa, cedo se percebeu que Ricardo Sousa deu ordens para ampliar o marcador bem cedo. O Vilaverdense esteve nas cordas durante os primeiros dez minutos e o Golo acaba por aparecer aos 59’ com um cruzamento da esquerda de Floro e no ressalto apareceu Rabiola que não perdeu a oportunidade. Logo depois do golo o treinador do Felgueiras começa a dança das substituições, refrescando a sua equipa, fazendo poupanças para as próximas partidas! Gaspar Silva, tenta alterar refrescando o meio campo, retira Kehinde e coloca Aldair, maior capacidade individual mas percebe-se que a moral não era a mesma depois do segundo golo. O Vila não baixou os braços, os jogadores mantiveram o empenho mas faltava capacidade no último terço. Gaspar Silva, ainda coloca Kenny no lugar de Paulinho mas o golo que poderia trazer algum alento não apareceu e à medida que os minutos passavam os da casa ficaram mais confortáveis, gerindo o tempo e o resultado.Não foi a melhor estreia de Gaspar Silva no banco do Vila. Mas é bom lembrar, a tarefa não era fácil: pela frente o quinto classificado a jogar na sua casa, onde o Braga, para a taça de Portugal, teve um jogo sofrido ganhando pela margem mínima. Viram-se alguns lances interessantes, vamos esperar para ver o que faz este Vila de Gaspar no regresso a casa!

FICHA DO JOGO

ESTÁDIO: Dr. Machado de Matos (Felgueiras).

ÁRBITRO: Leonardo Marques.

FC FELGUEIRAS:

Paiva, Sidney, Sérgio Duarte (R. Neves, 72′), Ruben Alves (D. Raposo, 70′), Rabiola, Ivo Lemos, André Rodrigues (Pintassilgo, 60′), Pinto (c), Rafael Floro, Leandro e Digas.

Treinador: Ricardo Sousa.

VILAVERDENSE FC:

Palha (Marcos, 19′), Miguel Almeida, Pedro Pereira, André Salvador, Vilela, Kehinde (Aldair, 63′), Nené (c), Hugo Costa, Kiko, Rodilson e Paulinho (Kenny, 74′)

Treinador: Gaspar Silva.

DISCIPLINA

AMARELOS:

FC FELGUEIRAS: Ruben Alves, 38’;

VILAVERDENSE FC: André Salvador, 45+2′; Paulinho (66′) e Rodilson (90+2′)

VERMELHOS:

Nada a assinalar

GOLOS: (1-0) Digas, 2′; (2-0) Rabiola, 59′.

©Fotos: Facebook Oficial VFC.

Categorizado como

Current track
Title
Artist