AD Fafe – Vilaverdense FC: Venceu a eficácia

Publicado por em 29 Outubro, 2017

Fafe e Vilaverdense jogaram para a 8ª jornada do Campeonato de Portugal, em Fafe, num jogo nem sempre bem disputado, com o pendor físico a superiorizar-se ao técnico.

A primeira parte não teve grandes motivos de interesse, pois as oportunidades não aconteceram. As equipas encaixaram-se bem, logo o jogo foi disputado a meio campo. No entanto, através de um lance de bola parada, depois da marcação de um pontapé livre na direita do ataque do Fafe, Néné bateu para a grande área contrária, Leandro Pimenta cabeceou para o fundo das redes, estava feito o 1-0, que se manteve até final dos primeiros 45 minutos.

A segunda parte foi mais movimentada, com o Vilaverdense mais agressivo e rápido, dispondo ao minuto 48 de um livre na direita, com Rafael Vieira a cabecear ao lado da baliza de Nibra. O Vilaverdense continuava a jogar mais no meio campo contrário, tendo aos 52 minutos uma oportunidade por Rafa Miranda, a cabecear dentro da área, obrigando Nibra a defesa apertada. Era o melhor período do Vilaverdense, que teve o seu auge quando Rafa Miranda, lançado entre os centrais do Fafe e na cara de Nibra, fez o golo do empate, decorria o minuto 58.
A partir do minuto 58 até ao minuto 72, as equipas tentavam o jogo de parada e resposta, embora o Fafe tivesse assumido o jogo novamente, dispondo de uma oportunidade por intermédio de Joãozinho aos 79 minutos, num remate à entrada da área, que obrigou Pedro Freitas a uma intervenção de recurso. Os minutos escoavam-se e adivinhava-se o empate, até que a eficácia do Fafe veio ao de cima. Primeiro, aos 81 minutos, quando Néné aproveitou uma desatenção da equipa contrária e, já dentro da área, rematou em jeito fazendo o 2-1.
O segundo lance onde a eficácia foi notória, ocorreu ao minuto 90+2. Rodilson, com liberdade no flanco direito, entrou na área e cruzou para a marca da grande penalidade, onde apareceu Joãozinho a rematar para o 3-1, fechando as contas. Neste período, entre o segundo e o terceiro golo, o Vilaverdense dispôs de uma ocasião, por Rafa Miranda, que foi lançado na esquerda e, já dentro da área, rematou obrigando Nibra á defesa da tarde, passava o minuto 89.

Chegou ao fim o jogo, o Fafe venceu, embora por números exagerados, mas o que conta é o resultado, pois o Vilaverdense continua sem ganhar fora de portas e o Fafe com esta vitória ultrapassa o seu opositor.

 

Ficha de Jogo:

Local: Estádio Municipal de Fafe.

Árbitro:  António Alves (AF Porto).

AD Fafe:

Rui Nibra; Chico, Zé Pedro, Adilson (cap.), Ofori; Leandro Pimenta (Rodilson, 50′), Nené e Wanderson Miranda (Joãozinho, 76′); Éder Diez, Nei e Felipe Martins (Vilmar, 80′).

Treinador: Ivo Castro.

Vilaverdense FC:

Pedro Freitas; Pedro Lemos, Nené (cap.), Rafael Vieira e João Carneiro; Ibraima, Latyr (André Salvador, 70′)  e Ahmed (Joel, 81′); Elísio (André Soares, 53′), Rafa Miranda e Zé Pedro.

Treinador: António Barbosa.

 

Cartões Amarelos:

AD Fafe: Ofori, 37′; Felipe Martins, 44′;

Vilaverdense FC: Elisío, 37′; Pedro Freitas, 44′; Ahmed, 69′;

Cartões Vermelhos:

Nada a assinalar.

Golos: (1-0) Leandro Pimenta, 13′; (1-1) Rafa Miranda, 58′; (2-1) Nené, 81′; (3-1) Joãozinho, 90+2′.

Prémio Melhor em Campo VFC / Bola P’ra Frente: Rafa Miranda

 

Sala de Imprensa

António Barbosa

Ivo Castro

Categorizado como

Current track
Title
Artist